Alianças: como surgiram?

Olá pessoal, tudo bem?


Primeiro desejo à todos um 2012 repleto de muita coisa boa e que seja um ano maravilhoso de muitas conquistas e paz!
Bem, sou uma pessoa apaixonada por alianças e sempre que posso, compro uma para tentar colecionar. Adoro as alianças de ouro, mas de uns tempos para cá, cai nas graças das de prata.
De tanto gostar, hoje resolvi pesquisar sobre essa peça importante nos relacionamentos humanos, então vamos lá:
Reza a lenda que os primeiros a usarem um círculo como símbolo de eternidade foram os faraós do Egito, mas, foi na Idade Média que passaram a utilizar a aliança como uma promessa pública de honrar um contrato de casamento, através dos gregos e romanos. O fato de usar a aliança no dedo esquerdo, deve-se ao fato dos romanos acreditarem que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia (veia d'amore), ligada diretamente ao coração. Esse costume vem acompanhando os casais até os dias atuais. A aliança também era considerada com um certificado de propriedade da noiva, indicando que ela não estava mais apta a pretendentes, mas foi a partir do século IX que a igreja cristã adotou a aliança como símbolo de fidelidade e união entre os casais cristãos.
As primeiras alianças eram feitas de ferro. Depois surgiram as alianças de ouro com pedras preciosas, que tornaram-se moda na época medieval. As mais populares eram simbólicas: rubi (vermelho - cor do coração), safira azul (refletia o céu)...a mais apreciada e poderosa pedra preciosa era o belo e indestrutível diamante. Hoje os anéis são fundidos de material metálico como o aço, o ouro e a prata, podendo fundi-los numa mesma peça.
As alianças podem ser adquiridas em joalherias, lojas de fábrica e até pela internet. 
Um fato curioso é que a partir do Século XIII, o Papa Inocente III, declarou que entre o pedido de casamento e a cerimônia matrimonial, deveria haver um período de espera, por isso que, até hoje, existe o anel de noivado e depois, quando se formaliza civil e/ou religiosamente, trocam-se as alianças de casamento. O primeiro anel de noivado que se tem conhecimento foi o que Maximiliano, Rei da Alemanha, ofertou à sua noiva Maria de Burgundy em 1477. 
Ainda podemos citar, datas especiais comemoradas pelos casais: 
- bodas de prata, quando se completa 25 anos de casamento, muda-se para alianças de ouro  
  com ouro branco;

- bodas de ouro, quando se completa 50 anos de casamento, muda-se para duas alianças
  conjugadas com   diamante;

- bodas de diamante, quando se completa 75 anos de casamento, mudando para uma
  aliança com um brilhante   maior.



Seja qual for o modelo, aliança é sempre uma linda peça que além da tradição, enfeita nossas mãozinhas...adoro!!!
Espero que gostem do post ;-)
Bj

3 comentários:

Vivian Oliveira disse...

Muito interessante esse post, não sabia que o uso das alianças era tão antigo e, muito menos essas trocas de alianças nas bodas :)

Show de bola!
To seguindo seu blog, tá?

Beijos

Closet & Beauty disse...

Estou a seguir, me segues também?
bj*

http://closet-e-beauty.blogspot.com/

Girl Supimpa disse...

Oi =)
Tudo bem?

É interessante a história.
Parabéns pelo post.

Dessa foto a minha preferida é a segunda da ultima linha ;)

Beijos.

girlsupimpa.blogspot.com

Postar um comentário

PESQUISAR